Ácido Hialurônico e Toxina Botulínica: você sabe a diferença entre eles?

em 29/05/2019


Conheça as principais características e indicações dos “queridinhos” do ramo de tratamentos dermatológicos 

Consultórios dermatológicos são procurados, cada vez mais, por homens e mulheres que desejam investir em melhorias na pele e atenuar marcas no rosto. Para isso, recorrem a diversos tratamentos modernos que trazem resultados visíveis e naturais. Dentro dessa variedade de inovações técnicas, procedimentos com ácido hialurônico e com toxina botulínica são os mais recomendados, apesar de serem bem diferentes.
Produto biológico da bactéria Clostridium botulinum, a toxina botulínica é uma neurotoxina que age como barreira entre os estímulos dos neurônios e os músculos da face, atuando como um paralisante muscular. Dessa forma, o produto é recomendado para rugas dinâmicas do rosto – ou seja, que se tornam mais aparentes diante movimentação facial.
Já o ácido hialurônico é uma substância natural da pele responsável por sua hidratação e elasticidade. Quando injetado na pele, o polímero preenche o espaço existente entre as células, possuindo também a capacidade de volumizar. Com o avanço da idade, o organismo reduz a produção natural de ácido hialurônico na pele que, consequentemente, perde sua firmeza e volume natural. Por isso, tratamentos com ácido hialurônico são indicados para devolver o aspecto jovem e saudável da pele. Um dos preenchedores de ácido hialurônico mais conhecidos do mercado, Restylane®, repõe o volume perdido ao longo dos anos de forma natural. O procedimento reduz sulcos conhecidos como “bigode chinês” e “linhas de marionete”, destaca as maçãs do rosto e também tem o poder de atenuar rugas.
O tratamento com Restylane® consiste em aplicações pouco invasivas que trazem resultados visíveis desde a primeira sessão. Enquanto os procedimentos com toxina botulínica trazem efeitos com duração de 4 a 5 meses, os resultados de Restylane® continuam visíveis mesmo após 18 meses. Restylane® pode ser aplicado em três regiões da face: terço superior, terço inferior e terço médio. O produto está no mercado há mais de 20 anos e já foi atingiu a marca de 40 milhões de tratamentos pelo mundo.
É importante ressaltar que ambos os tratamentos dermatológicos devem ser realizados por médicos especializados e pensados de acordo com as características de cada indivíduo.  

Sobre a Galderma 

Presente em 100 países desde a sua fundação, em 1961 até o presente momento, a Galderma conta com um extenso portfólio dedicado ao tratamento de uma variedade de condições dermatológicas. A empresa se dedica também a promover parcerias com profissionais conceituados ao redor do mundo com o objetivo de atender as necessidades de médicos e pacientes durante todas as fases de suas vidas. A. Galderma é líder em pesquisa e desenvolvimento de soluções cientificamente definidas e medicamente comprovadas para a pele, cabelos e unhas. Para mais informações visite:   


Nenhum comentário , comente também!

Postar um comentário

Ola meus Amores, fico feliz que veio visitar o meu blog.
Espero que tenha gostado. Deixe o seu comentario.
Em breve respondo a todos. Beijos