Novembro Roxo: organização especializada em monitoramento cerebral de bebês alerta para a prevenção da prematuridade

Novembro Roxo: organização especializada em monitoramento cerebral de bebês alerta para a prevenção da prematuridade

A PBSF oferece aos hospitais apoio de uma Central de Monitoramento 24 horas; mais de 1000 recém-nascidos já foram beneficiados pela tecnologia

No Mês da Prematuridade - Novembro Roxo -, a PBSF (Protegendo Cérebros, Salvando Futuros), organização que trabalha dentro de diversos hospitais fazendo o monitoramento cerebral de bebês prematuros e contribuindo, assim, para a prevenção de sequelas neurológicas futuras, está divulgando a importância do tratamento desses recém-nascidos, mas principalmente, a prevenção da prematuridade.

De acordo com a PBSF, no Brasil, nascem 350 mil prematuros por ano, ou seja, 40 prematuros por dia, o que representa 11% dos partos. Lembrando que são considerados prematuros aqueles bebês que nascem antes de 37 semanas, sendo normal o ciclo de gestação entre 37 e 42 semanas.

“A melhor maneira de prevenir a prematuridade é a assistência pré-natal adequada. Nos meios particulares, a maioria das mulheres já são acompanhadas de perto por seus obstetras. No entanto, pensando em termos de Brasil, a falta de assistência ainda é bem grande”, explica Dr. Alexandre Netto, neonatologista e co-fundador da PBSF.
A PBSF promove a difusão do conceito de UTI Neonatal Neurológica e oferece aos hospitais apoio de uma Central de Monitoramento 24 horas. Atualmente, 13 hospitais já implantaram o sistema, após 25 meses de operação. Até julho de 2018, mais de 1300 pacientes já foram beneficiados.

“Por meio da telemedicina, conseguimos fazer o diagnóstico precoce de lesões cerebrais nesses pacientes com alto risco, melhorando o tratamento dessas crianças e garantindo um futuro melhor.
Segundo a organização, os bebês inseridos nesse grupo de risco são: prematuros extremos; recém-nascidos com asfixia perinatal, com crises convulsivas, mal epiléptico, com malformações do sistema nervoso central; recém-nascidos com hemorragia intracraniana, cardiopatas e aqueles com erro inato do metabolismo. 

A tecnologia da PBSF:
No intuito de reduzir cada vez mais as possíveis lesões em casos de prematuridade, a PBSF oferece aos hospitais: equipamentos para a implantação da UTI Neonatal Neurológica; Central de Monitoramento e conexão 24h por dia; discussão de protocolos; promoção de assistência remota; armazenagem de dados e análise de resultados, bem como treinamentos para as equipes.
A meta da PBSF é alcançar 100 hospitais de todo o país em cinco anos e consolidar o programa como a maior rede de monitoramento cerebral e neuroproteção do mundo.
A organização também pretende estreitar relacionamento com Secretarias e Ministério da Saúde, visando estender o benefícios para o SUS e grandes hospitais públicos”, uma vez que, quanto mais baixa a condição socioeconômica, maiores os riscos para as mães e os bebê”, conta Dr. Gabriel Variane, fundador da PBSF.

Anemia acomete 30% da população mundial

Anemia acomete 30% da população mundial

Provocada pela deficiência severa de ferro, doença prejudica os níveis de energia e vitalidade

O ferro desempenha um papel importante nos processos metabólicos do corpo humano. É um mineral vital para o funcionamento celular e essencial para o transporte de oxigênio, para a síntese de DNA e para o funcionamento do metabolismo energético.
A falta da substância em níveis adequados pode levar a consequências negativas para todo o organismo humano, sendo a anemia ferropriva a manifestação mais relevante. Considerada um dos maiores problemas de saúde pública mundial, este tipo de anemia acomete, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) 30% da população mundial.
Além de prejudicar o funcionamento adequado do corpo, um quadro de anemia severa pode apontar a existência de uma doença grave, com sangramento oculto. Esta suspeita poderá ser confirmada ou afastada após uma investigação adequada pela equipe médica.

De modo geral, a deficiência de ferro em adultos está diretamente ligada à redução de produtividade, uma vez que pode causar fraqueza e fadiga. O quadro também provoca falta de apetite, palidez, cefaleia e irritabilidade, além de aumentar o risco de infecções. "Metade dos quadros de anemia identificados estão diretamente relacionados à deficiência nutricional. Pode acometer pessoas de todas as idades, em qualquer país, mas, particularmente, mulheres e crianças residentes em regiões em desenvolvimento", alerta Dra. Karina Kiso, clínica geral. De acordo com a especialista, além da alimentação carente do mineral, a anemia também pode ser consequência de hemorragias, da contração de doenças endêmicas (como malária, ascaridíase e helmintoses) e de dietas em que há consumo de grandes quantidades de chás ou café, que inibem a absorção de ferro.

No caso de crianças, a anemia pode prejudicar as funções imunológicas do organismo, atrasar o crescimento e provocar perda significativa na capacidade cognitiva, comprometendo o desenvolvimento da inteligência. Além disso, em gestantes, quadros de anemia também estão relacionados a um maior risco de mortalidade, partos prematuros e baixo peso do bebê ao nascer. O diagnóstico é feito com base em avaliações clínicas e exames laboratoriais. De acordo com a médica Karina Kiso, o tratamento da anemia inclui a administração de sais de ferro, preferencialmente por via oral, acompanhado de uma fonte de vitamina C – essencial para que o organismo possa absorver o minério.
A prevenção do problema é simples e envolve a adoção de hábitos de vida mais saudáveis. "Manter uma alimentação equilibrada é o caminho mais fácil, a médio prazo, para a manutenção dos níveis de ferro no sangue. Carne vermelha, vegetais verde-escuros (brócolis, espinafre e couve), leguminosas (grão-de-bico, lentilha, ervilha e feijão), tofu, algas, cerais integrais e castanha de caju são alguns dos alimentos ricos em ferro. Suplementos vitamínicos também ajudam a oferecer ao corpo os níveis adequados de vitaminas e minerais", recomenda Karina.

SOBRE A NATULAB:
A Natulab é líder em produção e venda de medicamentos fitoterápicos no Brasil, ocupa a 5ª posição no mercado OTC, e é a 13ª colocada do mercado farmacêutico no período de 12 meses, em unidades comercializadas, segundo o IQVIA (antigo IMS Health). Fundada em 2000, em Santo Antônio de Jesus (BA), tem sede em São Paulo e unidade fabril na Bahia. Até 2019, tem como objetivo se tornar uma das dez principais empresas do País no mercado OTC em reais.
Em seu portfólio, possui uma linha de produtos com 300 apresentações, entre eles Vitaz, Varivax (Aesculus hippocastanum), Hidraplex (reidratante oral), Hidralyte (reidratante oral), StarforC (aspartato de arginina e ácido ascórbico) e Xarope de Guaco (Mikania glomerata).

CeraVe Loção Hidratante

Andrea Jesus Comente Primeiro!
CeraVe Loção Hidratante





O Cerave Loção de Hidratação Corporal 200ml vai deixar a sua pele super hidratada e linda! Desenvolvido de acordo com as indicações dos dermatologistas, sua fórmula possui ácido hialurônico que ajuda a reter a hidratação na pele, já as três ceramidas, que são necessárias para a sua pele, elas ajudam a manter a proteção da barreira natural. Já a exclusiva tecnologia MVE libera ativos para que a hidratação dure o dia inteiro. Ideal para você que tem a pele ressecada e áspera.

Sem perfume.
Não comedogênico.
Textura suave, não resseca.

História das ceramidas CeraVe
A pele contém ceramidas naturalmente. Os produtos CeraVe ajudam a repor as ceramidas essenciais que uma pele saudável necessita.
As ceramidas constituem 50% dos lipídios na barreira da pele
As ceramidas são lipídios presentes naturalmente na pele e essenciais para manter a barreira da pele restaurada e reter a hidratação. Sem as ceramidas, a pele pode se tornar ressecada, irritada e com prurido.

As ceramidas restauram e hidratam a pele 
A barreira da pele pode sofrer diversas agressões externas como clima, poluição e até banhos quentes. Quando os níveis de ceramidas estão baixos, a pele fica mais exposta a esses fatores, causando seu ressecamento. As ceramidas são essenciais para manter a barreira da pele saudável, por isso, é importante a reposição desse componente para garantir uma pele.

As ceramidas estão presentes em todos os produtos CeraVe.
A combinação das 3 ceramidas essenciais (ceramidas 1, 3, 6-II) nos produtos CeraVe ajuda a repor as ceramidas existentes na pele, aliviando o ressecamento, retendo a hidratação e restaurando a barreira da pele. Explore nossa linha completa de produtos.
  

INGREDIENTES
Aqua / Water, Glycerin, Caprylic/Capric Triglyceride, Cetearyl Alcohol, Cetyl Alcohol, Dimethicone, Phenoxyethanol, Polysorbate 20, Ceteareth-20, Behentrimonium Methosulfate, Polyglyceryl-3 Diisostearate, Sodium Lauroyl lactylate, Ethylhexylglycerin, Potassium Phosphate, Disodium Edta, Dipotassium Phosphate, Ceramide np, Ceramide ap, Phytosphingosine, Cholesterol, Xanthan gum, Carbomer, Sodium Hyaluronate, Tocopherol, Ceramide eop.

CeraVe: Desenvolvida com Dermatologistas
Em 2005, junto com os dermatologistas, CeraVe desenvolveu uma linha de produtos de cuidados com a pele enriquecidos com uma mistura de três ceramidas essenciais (ceramidas 1, 3, e 6-II), ácidos graxos e outros lipídios para ajudar a restaurar e fortalecer a barreira de proteção natural da pele.

CeraVe: Tecnologia
Foi desenvolvido um exclusivo sistema de liberação chamado Tecnologia de Emulsão MultiVesicular (MVE), que libera os ativos de forma prolongada, proporcionando hidratação o dia todo.

MVE® Delivery Technology







































#ChegouCeraVe #CeraVeBrasil #rotinadecuidados #ChegouCeraVeBR #DesafioCeraVe #TheInsidersBrasil

NOVEMBRO LARANJA Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido

NOVEMBRO LARANJA  Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido

Comunidade médica brasileira focada no diagnóstico e tratamento dos vilões do ouvido

A 13ª edição do Novembro Laranja, ‘Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido’, promovida pelo Instituto Ganz Sanchez, primeiro centro latino americano especializado no tratamento de Zumbido, Misofonia e Hiperacusia, visa alertar a população sobre as causas e formas de tratamento, além de reforçar que parte crescente da comunidade médica vem progressivamente oferecendo opções de tratamento com melhora, e até cura, de sintomas que já atingem mais de 40 milhões de brasileiros.
As novidades da Campanha para 2018 são: 
inclusão de dois novos sintomas que fazem parte da “QUADRILHA DO OUVIDO”, juntamente com o zumbido, que já afeta 22% dos adultos paulistanos (pesquisa USP 2015): a Misofonia (intolerância a sons baixos e repetitivos, como mastigação, respiração, fungação e digitação, que afeta 15% da população em pesquisa via Linkedin de 2014) e a Hiperacusia (intolerância ao volume dos sons, como TV, música e vozes, que afeta 25 a 40% das pessoas com zumbido).

• definição de uma data específica para marcar a conscientização de cada sintoma, já em processo parcial de aprovação no Legislativo: 11/11 (Dia Nacional de Conscientização sobre Zumbido), 12/11 (Dia Nacional de Conscientização sobre Misofonia) e 13/11 (Dia Nacional de Conscientização sobre Hiperacusia).

• participação de 60 profissionais (otorrinolaringologistas, fonoaudiólogos, dentistas, fisioterapeutas e psicólogos) que trarão informações ao público sobre diagnóstico e tratamento dos 3 sintomas auditivos.

Segundo a Profa. Dra. Tanit Ganz Sanchez, otorrinolaringologista, fundadora do Instituto Ganz Sanchez, e criadora do Novembro Laranja, somente a perda auditiva costuma ser conhecida da população. Entretanto, os sintomas da “quadrilha do ouvido” são até mais comuns e podem representar o início de problemas auditivos que futuramente poderão levar à perda auditiva, por isso merecem atenção e foram associados em uma campanha específica. Reconhecer os sintomas precocemente e buscar tratamento pode evitar a progressão dos problemas e melhorar a qualidade de vida. Além disso, a demanda de pessoas que se queixam de sintomas auditivos vem crescendo em todas as idades, inclusive entre crianças e adolescentes, que não têm o mínimo necessário de esclarecimento. 

Informações sobre o ZUMBIDO – um importante membro dessa família de efeitos colaterais dos ruídos da vida sobre os ouvidos. Esses sons podem ser comparados a apitos, chiados, cigarras, grilos, panela de pressão e etc, e ocorrem em todas as idades, inclusive crianças e adolescentes, podendo comprometer o sono, a concentração na leitura, o equilíbrio emocional e até a vida social e familiar.
Pesquisas mostram que 1 a cada 4-5 pessoas tem zumbido, facilitando a compreensão de como isso se tornou tão comum. Como em qualquer família, os membros andam em grupos, ou seja, um único paciente pode ter associação de zumbido, misofonia e hiperacusia ao mesmo tempo. 

13a Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido.

Objetivos:
*Conscientizar a população sobre a realidade preocupante do aumento dos problemas do ouvido em pessoas de todas as idades, particularmente o Zumbido. Este ano, a Campanha acrescentará informações sobre Misofonia e Hiperacusia.

*Motivar mais profissionais a abraçarem esta causa, entendendo que Zumbido, Misofonia e Hiperacusia são sintomas de ouvidos mais frágeis, que precisam de mais cuidados com as agressões diárias, além da investigação correta de suas causas.

*Divulgar que o tratamento precoce do Zumbido, da Misofonia e da Hiperacusia pode fazer a diferença na recuperação da qualidade de vida.

Mudar pensamentos restritivos (“não há nada a fazer”, “isso não tem cura” ou “aprenda a conviver com isso”) ajuda a ampliar a atuação profissional e obter sucesso no tratamento do paciente.
Após a notoriedade conquistada com mais de uma década de Campanha, a Profa. Dra. Tanit Ganz Sanchez fala sobre a parceria com profissionais de vários estados do Brasil que passaram a dedicar tempo e estudo ao tratamento do zumbido. “A ajuda da população mais informada pelas campanhas anteriores - e ávida por tratamento em suas cidades - foi fundamental para acelerar esse movimento médico, pois ela levou as informações aos seus respectivos profissionais para juntos buscarem o tratamento. Esse círculo virtuoso já conseguiu melhorar o cenário do zumbido no país, mas ainda há muito para melhorar. Por isso, a participação de mais profissionais experientes está sendo progressivamente encorpada na Campanha ao longo dos anos”,  sentencia a médica que, desde 1994, observa o sintoma se alastrando entre crianças, adolescentes e adultos, e que também defende o abandono das crenças errôneas da Medicina sobre o zumbido ser um problema exclusivo da 3ª idade e sem cura.
No cenário atual, a “Quadrilha do OUVIDO” é vista como um conjunto de sintomas decorrentes da vida moderna, pois podem ser causados por erros alimentares, exposição abusiva aos sons, uso frequente de celulares e medicamentos sem prescrição, por estresse com as dificuldades da vida diária etc. 

“Com o passar do tempo, temos certeza que o Novembro Laranja fará com que a Quadrilha do Ouvido seja mais conhecida, mais investigada e tratada com mais sucesso!”, afirma Dra. Tanit Ganz Sanchez. 

Todos podem participar do Novembro Laranja

Veja as ações elaboradas para este ano:
1 a 30/11 – Divulgação virtual de vídeos curtos sobre causas, diagnóstico e tratamento do Zumbido, Misofonia e Hiperacusia. Esse ano, nossos convidados são 60 profissionais entre otorrinolaringologistas, fonoaudiólogos, dentistas e fisioterapeutas de várias cidades brasileiras que dedicaram seu tempo para caprichar na criação de dicas preciosas para quem sofre com esses problemas.
8/11 – Palestra presencial “Ouvidos e qualidade de vida: tudo a ver!”, ministrada de forma leve e divertida, aberta ao público, no Clube Homs às 20h (Av. Paulista, 735 – Bairro Bela Vista, São Paulo)
11/11 – Dia Nacional de Conscientização sobre Zumbido: livestreaming comemorativa às 17h nas redes sociais do Instituto Ganz Sanchez
12/11 – Dia Nacional de Conscientização sobre Misofonia: livestreaming comemorativa às 17h nas redes sociais do Instituto Ganz Sanchez
13/11 – Dia Nacional de Conscientização sobre Hiperacusia: livestreaming comemorativa às 17h nas redes sociais do Instituto Ganz Sanchez
24/11 - Curso Teórico-Prático Intensivo de Zumbido, direcionado para profissionais, ministrado na sede do Instituto Ganz Sanchez (Av. Padre Pereira de Andrade, 353, Bairro Alto de Pinheiros, São Paulo). Nesse dia, faremos lives com a plateia.
24/11 - Pedalada Novembro Laranja – na cidade de São José do Rio Preto, coordenada pelo Dr. Márcio Coimbra. 
30/11 - III Encontro Multidisciplinar sobre Zumbido, das 8 às 17h, coordenado pela fonoaudióloga Marine Rosa, da Universidade Federal da Paraíba, com participação online da Dra Tanit Ganz Sanchez. 

Sobre a Especialista 
Profa.  Dra. Tanit Ganz Sanchez – Otorrinolaringologista com doutorado e livre-docência pela USP, Fundadora e Diretora do Instituto Ganz Sanchez, criadora da Campanha Nacional de Alerta ao Zumbido (Novembro Laranja), do Grupo de Apoio Nacional a pessoas com Zumbido, da TV Zumbido e do curso online ABC...z do Zumbido. Assumiu a missão de desvendar os mistérios do zumbido e é pioneira nas pesquisas no Brasil, sendo reconhecida por sua didática, objetividade e compartilhamento aberto de ideias. É especialista em Zumbido, Hiperacusia, Misofonia e Distúrbios do Sono.



Parque da Mônica entra no clima de Natal

Parque da Mônica entra no clima de Natal

Programação especial do maior parque coberto da América Latina inclui Oficina de Cartinhas e Cantinho do Papai Noel.
Com a proximidade do Natal, já é hora de preparar a cartinha com todos os pedidos e desejos para o Papai Noel. Por isso, a partir de novembro, o Parque da Mônica oferece Oficina para que os pequenos produzam a cartinha e ilustrem, usando lápis de cor e canetinhas coloridas. A ação ocorrerá até o dia 30 de novembro, no Atelier da Marina.

Além de oferecer muita diversão aos pequenos, a atividade tem o objetivo de estimular a criatividade, a escrita e a coordenação motora. Ao soltar a imaginação, é possível ainda fortalecer o espírito natalino. A Oficina Cartinha do Papai Noel é indicada para crianças a partir de dois anos, que podem ser acompanhadas dos pais.
A magia do Natal invade o Parque da Mônica junto da chegada do Papai Noel. A partir do dia 24 de novembro, será possível entregar a cartinha para o bom velhinho em mãos e ainda tirar muitas fotos para eternizar esse momento tão especial no Cantinho do Papai Noel, que ficará em um local especialmente preparado para recebê-lo dentro do Parque da Mônica.
No Parque da Mônica, a diversão é garantida para toda a família.

Serviço:
Parque da Mônica
Shopping SP Market – Av. das Nações Unidas, 22.540 – São Paulo – SP 
Estacionamento no local (área externa do shopping) – Pago à parte.
Espaço Família com sala de amamentação, sala de papinha e banheiro família.
Em parceria com a AACD, o visitante poderá doar R$2,00 ou mais à Instituição na bilheteria.

Ingressos – Compras na Bilheteria ou no Ecommerce do Parque da Mônica: 
Individual meia-entrada: R$ 77,00
Pacote para duas pessoas: R$ 198,00
Pacote para três pessoas: R$ 294,00
Pacote para quatro pessoas: R$ 388,00
Pacote para cinco pessoas: R$ 480,00
Individual inteira: R$154,00

Crianças até 12 anos pagam meia-entrada: R$77,00
Gestantes: R$ 50,00
Ingresso para criança com deficiência (até 12 anos): Gratuito*
Ingresso para adultos com deficiência e acompanhantes de pessoas com deficiência*: R$ 77,00

*Cobrado o valor de meia entrada, conforme LEI N° 12.933, 26 DEZEMBRO DE 2013, que dispõe sobre o benefício do pagamento de meia-entrada.
Formas de Pagamento: Em até 5x sem juros nos cartões Visa, Mastercard, Hipercard ou Diners Club e Amex. Pagamento à vista ou débito. Não aceita cheque.

Pacote para excursões: excursao@parquedamonica.com.br

Facebook: parquedamonica
Instagram: @parquedamonica

SOBRE O PARQUE DA MÔNICA
Maior parque coberto da América Latina e o único que dispõe de um mix diversificado de atrações para toda a família do universo da Turma da Mônica, além de musicais, atividades interativas e educativas, encontros com personagens e uma loja com centenas de produtos em um ambiente lúdico que proporciona a interação entre pais e filhos. Localizado no Shopping SP Market, na zona sul de São Paulo, o Parque da Mônica tem como missão oferecer diversão para toda a família com segurança.
Blog Andrea Jesus © Copyright 2015 | Design by Claudinei Felipe